ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUAS POTÁVEIS (ETA)*

Mais de 10 plantas com capacidade de tratamento superior a 1.000.000 m³/dia.

 

 

 

- Abastecimento público convencional para grandes e

pequenas cidades.

- Tratamento físico-químico. 

- Decantação lamelar. 

- Tratamentos específicos com eliminação e correção de elementos micropoluentes. 

- Desinfecção, esterilização por ozônio, ultravioleta ou derivados de cloro. 

- Filtração, microfiltração e ultrafiltração. 

- Tratamentos de lodos em águas potáveis. 

- Técnicas de flotação e desidratação.