Empresas do Grupo GS Inima Brasil participam do 7º ENA- Encontro Nacional das Águas

Quatro concessionárias do grupo GS Inima Brasil compartilharam cases de destaque durante o 7º ENA - Encontro Nacional das Águas, promovido pela Abcon (Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto) e Sindcon (Sindicato Nacional das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto), no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, nos dias 7 e 8 de agosto.

O gerente técnico da GS Inima Brasil, Eduardo Berrettini, participou do painel sobre Segurança Hídrica e Saneamento, com a apresentação do estudo para implantação de Planta de Dessalinização para a região metropolitana de Fortaleza/CE. O tema também foi destaque no 8º Fórum Mundial da Água, realizado no mês de março em Brasília.

No mesmo painel, a coordenadora de operação da Sesamm- Serviços de Saneamento  de Mogi Mirim -, Sirlei Cristiana Brignol, apresentou o   projeto sobre o reuso de efluente tratado na ETE de Mogi Mirim. O projeto foi premiado em primeiro lugar no 2º Prêmio Sustentabilidade de 2017.

O eletricista de manutenção da Comasa - Companhia de Águas de Santa Rita do Passa Quatro (SP) -, Wagner Rosa Santos, participou do painel de assuntos técnicos e operacionais com o projeto sobre Eficiência Energética e Operacional em sistema de tratamento de água, que rendeu bons resultados para a concessionária no último ano.

No auditório de assuntos institucionais, jurídicos e regulatórios, o diretor da Sanama - Saneamento da Alta Maceió-, Lauro de Menezes, falou sobre os desafios e soluções jurídicas enfrentadas na execução do contrato e destacou as mudanças que precisaram ser feitas no projeto de Maceió.

Além dos palestrantes, também participaram do evento representantes das concessionárias Caepa (Paraibuna), Ambient (Ribeirão Preto), SAMAR (Araçatuba).

O 7º ENA, que reuniu centenas de profissionais de concessionárias de todo o Brasil, teve como tema central a Campanha #SOMOSMAIS SANEAMENTO. Trata-se de uma ação que mobiliza mais de 40 instituições do país em prol dos avanços para a universalização dos serviços de água e esgoto à população. (saiba mais em http://somosmaissaneamento.com.br).

O Grupo GS Inima Brasil esteve presente com aproximadamente 30 colaboradores de diversas áreas, para conhecimento e acompanhamento de ações do setor. Estiveram presentes também no 7° Encontro Nacional das Aguas o Édison Carlos, - Presidente Executivo do Trata Brasil; Adailton Ferreira Trindade, - Secretário Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades e Martha Seillier, - Assessora Especial da Casa Civil, entre outras autoridades do Setor.

Um dos Temas mais debatidos no 7° ENA – Encontro Nacional das Aguas foi a Medida Provisória 844/2018 datada de 06 de julho de 2018 cujo objetivo é proporcionar uma maior segurança jurídica ao setor de Saneamento Básico, notadamente quanto aos investimentos privados.

A MP 844/18 visa reformular as principais normas que regulam o referido setor, propondo a centralização de tal regulação e atribuindo à ANA - Agência Nacional de Águas, a competência para edição de normas e diretrizes gerais atinentes ao setor de Saneamento Básico, dentre os quais: nível de serviços, regulação tarifária e estímulo à concorrência, entre outros.

Confere também à Agência Nacional de Águas, a possibilidade de atuar como órgão de mediação e/ou órgão arbitral em existindo conflitos entre agentes do setor e entes públicos; sendo importante ressaltar que as alterações advindas da MP 844/18 são provisórias, haja vista a necessidade de serem aprovadas pela Câmara e pelo Senado.

Martha Seillier, abril o painel com a apresentação, detalhando a MP 844, a partir de um diagnóstico bastante realista sobre o saneamento no país; Seillier, destacou que “sem dúvida ela também pode ser vista como o retrato de uma somatória de esforços entre o público e o privado”, e destacou que parte das recomendações feitas pela iniciativa privada  ao futuro Presidente da República, já estão sendo postas em prática desde agora.

Adailton Trindade, expos que muitos brasileiros ainda não contam com saneamento de qualidade e que a MP “integra políticas referentes à área, estabelece a criação de um comitê interministerial e ainda busca simplificar bastante os processos de investimentos e financiamentos necessários”.

O 7º ENA foi encerrado com o painel de CEO’s das concessionárias de saneamento do Brasil, que debateram sobre a gestão eficiente da prestação de serviços de água e esgoto. Na ocasião, o presidente do grupo GS Inima Brasil, Paulo Roberto de Oliveira, destacou as ações que estão sendo realizadas para a aprovação da Medida Provisória 844/2018 que reformula o marco legal do setor de saneamento básico.